domingo, agosto 02, 2009


Mais uma vez você pisa na bola, mais uma vez eu fico te esperando. O mais ridiculo não é nem a espera, o mais ridiculo é que depois da espera, dos choros e dos cabelos que eu arranquei de tanta raiva de você, sai aquele sorrisinho no meu rosto, sabe? Aquele sorrisinho filha da puta que só você consegue arrancar de mim. E, mais uma vez, como sempre, eu repito: "tira esse sorrisinho besta da cara, menina. Você não o quer mais" (...) Quem sabe um dia eu acredite nisso..


Um comentário:

Pâmzinha disse...

É, tem muitos homens que gostam de fazer as mulheres de bobas. Mas um dia isso acaba, a gente cansa dessa brincadeira sem graça. Não se preocupe: o caçador vai acabar virando a caça !